Nós

A Circa Festivália busca dar visibilidade a propostas artísticas e produções feitas por mulheres diversas, que abordam as artes circenses a partir de suas vivências, percepções e conhecimentos. Idealizada e realizada por meio de uma parceria entre o coletivo A Penca e a Equilibre – Produção Cultural Orgânica, a Circa Festivália surge de um desejo de abrir espaços e oportunidades para as mulheres no circo, bem como questionar o que é ser “mulher” e o que é fazer “circo” – duas palavras de espectro tão ilimitado, mas que são frequentemente reduzidas a narrativas tão arcaicas dentro de nossa sociedade.

A Penca é um coletivo de mulheres formado por Andréa Barbour, Bárbara Francesquine e Maria Carolina Oliveira, que investiga outras formas de fazer e pensar o circo e suas intersecções, a partir de trabalhos que se relacionam direta e indiretamente com a temática de gênero. A Equilibre – Produção Cultural Orgânica, liderada por Fernanda Vilela, entende as expressões artísticas e a cultura como poderosas ferramentas de transformação do mundo. Tanto a equipe de curadoria e produção como participantes da Festivália são compostas por mulheres diversas: cis, trans ou travestis, de diferentes orientações de gênero, de diferentes etnias, vindas de  diferentes territórios, inseridas em diferentes estruturas familiares – e também realizadoras  de diferentes circos possíveis! 

Oferecida de forma online e gratuita, a Circa Festivália acontecerá entre os dias 19 e 28 de março de 2021, sendo 2 finais de semana com atrações artísticas (espetáculos, mostras de cenas e noite freestyle) e, na semana entre eles, uma grade de atividades de formação e produção de conhecimento, que inclui realização de oficinas, de um laboratório, de mesas-redondas e a publicação de um e-book. 

O evento terá, por fim, um caráter de festival permanente, reunindo as obras selecionadas e as não selecionadas que desejarem em um catálogo online, com a intenção de dar projeção (inclusive internacional) às propostas difundidas para que novas oportunidades apareçam.

A Circa Festivália te convida a somar!  Venha participar da nossa extensa programação que envolve espetáculos, mostras de cenas, oficinas e mesas de debate!

Idealizadoras - Curadoras

Andréa Barbour

Gestora ambiental, artista visual e do corpo. Pesquisadora das práticas performativas, cria a partir do desejo de libertação da vida impulsionada pelas poéticas da natureza. Desenvolve trabalhos que usam o corpo (ora no solo, ora no ar) como meio e como suporte de suas criações para reinventar o mundo através das entranhas da percepção.

Bárbara Francesquine

Artista circense, dançarina e educadora, com especialidade em BAMBOLÊS (e sua intersecção com diversas linguagens). Seus trabalhos solo integram diversos festivais de circo e arte dentro e fora do Brasil; Enquanto produtora, realizou eventos como o 3º Encontro Brasileiro de Bambolês, em 2015, e 3 edições do Encontro Internacional e Virtual de Bambolês

Fernanda Vilela

Atua cultivando relações humanas, produtivas e criativas em: gestão e produção cultural, acompanhamento de artistas, circulação nacional e internacional de espetáculos, intercâmbio cultural e artístico, articulações para o bem, redes de afeto e outras aventuras.

Maria Carolina Oliveira

Artista do circo e da dança; professora, pesquisadora e militante em cultura/artes; estudante de educação somática; jardineira e misturadora de ervas amante; mãe de um menino de quase 3 anos. Metida a aprender tudo e a descobrir como fazer em casa. Atualmente faz um pós-doutorado no Instituto de Artes da Unesp, pesquisando as poéticas e modos de fazer do circo contemporâneo.

Curadoras Convidadas

Pipa Luke

Produtora audiovisual em cinema,
Tv e video. Multi-artista autônoma, independiente e itinerante.
Ativista social através da arte, mãe.
Diversos estudos em Circo-Música-Teatro. Malabarista, especializada em bambolê. Educadora, trabalha com números cirsenses, performance artística preta com resistência e empoderamento de mulheres negras afirmando o antiracismo, e o feminismo-Negro.

Priscila Senegalho

Palhaça Funúncia como é mais conhecida. É produtora, diretora, arte educadora e feminista trabalha nas artes há 18 anos. Hoje possui 4 espetáculos solos e Fundadora da TRUPE do Fuxico, companhia que possui 5 anos de existência e resistência. E que agora em tempos pandêmicos lançou o canal Fuxico na Rede, canal voltado ao circo e Palhaçaria. Hoje também faz parte do Coletivo Gênis – Palhaças do vale do Paraíba e Fundadora da sede Fuxico Cultural localizada em Jacareí.

Vulcanica Pokaropa

Travesti formada em fotografia, mestra em teatro pela UDESC, sua pesquisa aborda a presença de pessoas Transexuais, Travestis e Não Bináries no Teatro e Performance. Pesquisa bambolê e comicidade, integra a Cia Fundo Mundo, cia de circo formada exclusivamente por pessoas Transgênero. Performer, Poeta, Artista Plástica e Visual, Produtora Cultural, Curadora. 

Ficha Técnica

Camila Scatena

Assistente de Produção

Amante da natureza e dos animais, bióloga de alma, leitora voraz, curiosa sobre ciência, nerdices, artes e produtora cultural de coração.Amante da natureza e dos animais, bióloga de alma, leitora voraz, curiosa sobre ciência, nerdices, artes e produtora cultural de coração.

Denielle Ortega

Assistente Técnica

Mulher, lésbica, cearence em SP, mãe solo e eterna estudiosa, estreei nesse mundo em 1984. De lá pra cá, me construí feminista, organizada e justa. Profissionalmente, atuei na Secretaria de Mulheres e de Direitos Humanos de SP e hoje me dedico ao estudo da História, além de criar pochetes e camisas pra presentear sapatonas.

Elaine Manoelle

Webmaster

Elaine Manoelle ou pra muitos (Lady) Laay, nascida e criada na periferia, entusiasta do protagonismo feminino, amante do conhecimento e das causas sociais. Desenvolvedora há + de 7 anos, é Senior Software Engineer no grupo UOL, CEO da Business Woman Empire (que desenvolveu este site), e rapper nas horas vagas.

Emilly Kamile

Webmaster

COO da Business Woman Empire (BWE), desenvolvedora Web, cursando Análise e Desenvolvimento de Sistemas, trabalha como freelancer desde 2018, também manja de conceitos e ferramentas de designer apaixonada por leitura, colecionadora de livros, e entusiasta do conhecimento.

Gisele Tressi

Coordenadora Técnica

Atua há 11 anos na área de elaboração, produção e gestão de projetos, com editais, emendas e leis de incentivo. É produtora nas áreas de circo, dança e eventos. Movida pela paixão a arte circense busca no cooperativismo promover e ampliar a acessibilidade a arte criando “pontes” a fim de ganhar espaço no mercado para consolidar e fortalecer os campos.

Marina Conelian

Assistente de Comunicação

Publicitária, por formação, atuando na área de Marketing há 10 anos e a cada dia, descobrindo o que o universo corporativo tem a me ensinar. De coração, bailarina, amante dos esportes e completa admiradora das artes circenses. Sempre buscando formas de evoluir, como profissional, mas principalmente como ser humano e por isso, buscando sempre mais do conhecimento, das experiências e de todas as minhas relações.

p!

Coordenação Técnica

Nascida e criada no Capão Redondo, “da ponte pra lá” da cidade de São Paulo, p! dança sobre a, NADA TÊNUE, linha que separa o lúdico do marginal em todas suas expressões artísticas. No campo das ilustrações, design, artes-plásticas e audiovisual, sua arte transborda em ângulos incomuns, linhas tremidas e cores vibrantes.

Rafaella Martinez

Assessoria de Imprensa

Rafaella Martinez é jornalista, estudante de História e pós-graduanda em Direitos Humanos. Tem passagens nas redações do UOL e Rádio Bandeirantes, além de integrar a equipe do Teatro a Bordo. Atuou na comunicação de diversos festivais Estaduais e Nacionais, tais como o Sesc Mirada e o FESTA – o mais antigo do País.

Tayliny Silva

Assessoria de Mídias Sociais

Feminista, historiadora e filha de uma ocupação de 30 anos. Meus pais, conjuntamente com vizinhos e alguns parentes ocuparam uma região que hoje compõe parte da periferia de Floripa. Sou construção do movimento social e estudantil, onde me reconheci como mulher, feminista e periferica.

Vânia Medeiros

Designer

É artista visual, designer, educadora, pesquisadora e editora independente. Tem o desenho como dispositivo de investigação em processos individuais e colaborativos, que ganha suportes diversos nos espaços expositivos e publicações impressas. Participou de exposições e residências artísticas em países como Alemanha, Colômbia e Equador. Seu trabalho faz parte do acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo e de coleções particulares.

Veni Barbosa

Video Maker

Multiartista paulistana, Veni é corpo transvestigênere em constante mutação. Poeta, canta e dá forma às suas letras que passeiam entre encontros, transformações, mortes e amores. Além disso, se dedica às artes gráficas e audiovisuais, além de explorar sua corpa enquanto performer.

Idealizadoras - Curadoras

Andréa Barbour

Gestora ambiental, artista visual e do corpo. Pesquisadora das práticas performativas, cria a partir do desejo de libertação da vida impulsionada pelas poéticas da natureza. Desenvolve trabalhos que usam o corpo (ora no solo, ora no ar) como meio e como suporte de suas criações para reinventar o mundo através das entranhas da percepção.

Bárbara Francesquine

Artista circense, dançarina e educadora, com especialidade em BAMBOLÊS (e sua intersecção com diversas linguagens). Seus trabalhos solo integram diversos festivais de circo e arte dentro e fora do Brasil; Enquanto produtora, realizou eventos como o 3º Encontro Brasileiro de Bambolês, em 2015, e 3 edições do Encontro Internacional e Virtual de Bambolês

Fernanda Vilela

Atua cultivando relações humanas, produtivas e criativas em: gestão e produção cultural, acompanhamento de artistas, circulação nacional e internacional de espetáculos, intercâmbio cultural e artístico, articulações para o bem, redes de afeto e outras aventuras.

Maria Carolina Oliveira

Artista do circo e da dança; professora, pesquisadora e militante em cultura/artes; estudante de educação somática; jardineira e misturadora de ervas amante; mãe de um menino de quase 3 anos. Metida a aprender tudo e a descobrir como fazer em casa. Atualmente faz um pós-doutorado no Instituto de Artes da Unesp, pesquisando as poéticas e modos de fazer do circo contemporâneo.

Curadoras Convidadas

Pipa Luke

Produtora audiovisual em cinema,
Tv e video. Multi-artista autônoma, independiente e itinerante.
Ativista social através da arte, mãe.
Diversos estudos em Circo-Música-Teatro. Malabarista, especializada em bambolê. Educadora, trabalha com números cirsenses, performance artística preta com resistência e empoderamento de mulheres negras afirmando o antiracismo, e o feminismo-Negro.

Priscila Senegalho

Palhaça Funúncia como é mais conhecida. É produtora, diretora, arte educadora e feminista trabalha nas artes há 18 anos. Hoje possui 4 espetáculos solos e Fundadora da TRUPE do Fuxico, companhia que possui 5 anos de existência e resistência. E que agora em tempos pandêmicos lançou o canal Fuxico na Rede, canal voltado ao circo e Palhaçaria. Hoje também faz parte do Coletivo Gênis – Palhaças do vale do Paraíba e Fundadora da sede Fuxico Cultural localizada em Jacareí.

Vulcanica Pokaropa

Travesti formada em fotografia, mestra em teatro pela UDESC, sua pesquisa aborda a presença de pessoas Transexuais, Travestis e Não Bináries no Teatro e Performance. Pesquisa bambolê e comicidade, integra a Cia Fundo Mundo, cia de circo formada exclusivamente por pessoas Transgênero. Performer, Poeta, Artista Plástica e Visual, Produtora Cultural, Curadora.

Ficha Técnica

Camila Scatena

Assistente de Produção

Amante da natureza e dos animais, bióloga de alma, leitora voraz, curiosa sobre ciência, nerdices, artes e produtora cultural de coração.Amante da natureza e dos animais, bióloga de alma, leitora voraz, curiosa sobre ciência, nerdices, artes e produtora cultural de coração.

Danielle Ortega

Assistente Técnica

Mulher, lésbica, cearence em SP, mãe solo e eterna estudiosa, estreei nesse mundo em 1984. De lá pra cá, me construí feminista, organizada e justa. Profissionalmente, atuei na Secretaria de Mulheres e de Direitos Humanos de SP e hoje me dedico ao estudo da História, além de criar pochetes e camisas pra presentear sapatonas.

Elaine Manoelle

Webmaster

Elaine Manoelle ou pra muitos (Lady) Laay, nascida e criada na periferia, entusiasta do protagonismo feminino, amante do conhecimento e das causas sociais. Desenvolvedora há + de 7 anos, é Senior Software Engineer no grupo UOL, CEO da Business Woman Empire (que desenvolveu este site), e rapper nas horas vagas.

Emilly Kamile

Webmaster

COO da Business Woman Empire (BWE), desenvolvedora Web, cursando Análise e Desenvolvimento de Sistemas, trabalha como freelancer desde 2018, também manja de conceitos e ferramentas de designer apaixonada por leitura, colecionadora de livros, e entusiasta do conhecimento.

Gisele Tressi

Coordenadora Técnica

Atua há 11 anos na área de elaboração, produção e gestão de projetos, com editais, emendas e leis de incentivo. É produtora nas áreas de circo, dança e eventos. Movida pela paixão a arte circense busca no cooperativismo promover e ampliar a acessibilidade a arte criando “pontes” a fim de ganhar espaço no mercado para consolidar e fortalecer os campos.

Marina Conelian

Assistente de Comunicação

Publicitária, por formação, atuando na área de Marketing há 10 anos e a cada dia, descobrindo o que o universo corporativo tem a me ensinar. De coração, bailarina, amante dos esportes e completa admiradora das artes circenses. Sempre buscando formas de evoluir, como profissional, mas principalmente como ser humano e por isso, buscando sempre mais do conhecimento, das experiências e de todas as minhas relações.

p!

Coordenação Técnica

Nascida e criada no Capão Redondo, “da ponte pra lá” da cidade de São Paulo, p! dança sobre a, NADA TÊNUE, linha que separa o lúdico do marginal em todas suas expressões artísticas. No campo das ilustrações, design, artes-plásticas e audiovisual, sua arte transborda em ângulos incomuns, linhas tremidas e cores vibrantes.

Rafaella Martinez

Assessoria de Imprensa

Rafaella Martinez é jornalista, estudante de História e pós-graduanda em Direitos Humanos. Tem passagens nas redações do UOL e Rádio Bandeirantes, além de integrar a equipe do Teatro a Bordo. Atuou na comunicação de diversos festivais Estaduais e Nacionais, tais como o Sesc Mirada e o FESTA – o mais antigo do País.

Tayliny Silva

Assessoria de Mídias Sociais

Feminista, historiadora e filha de uma ocupação de 30 anos. Meus pais, conjuntamente com vizinhos e alguns parentes ocuparam uma região que hoje compõe parte da periferia de Floripa. Sou construção do movimento social e estudantil, onde me reconheci como mulher, feminista e periferica.

Vânia Medeiros

Designer

É artista visual, designer, educadora, pesquisadora e editora independente. Tem o desenho como dispositivo de investigação em processos individuais e colaborativos, que ganha suportes diversos nos espaços expositivos e publicações impressas. Participou de exposições e residências artísticas em países como Alemanha, Colômbia e Equador. Seu trabalho faz parte do acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo e de coleções particulares.

Veni Barbosa

Video Maker

É artista visual, designer, educadora, pesquisadora e editora independente. Tem o desenho como dispositivo de investigação em processos individuais e colaborativos, que ganha suportes diversos nos espaços expositivos e publicações impressas. Participou de exposições e residências artísticas em países como Alemanha, Colômbia e Equador. Seu trabalho faz parte do acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo e de coleções particulares.